Compartilhando pesquisas e experiências sobre Fotografia

Claro que este título está diretamente relacionado às minhas próprias experiências, mas é mais claro ainda que não posso ser explícita com essas histórias pessoas pois estaria correndo o risco de me tornar incoerente com o próprio título. Calma, o texto não é tão tenso quanto parece, só não podia deixar que a polêmica ficasse de lado.


claudia_fernandes-temnafotografia-autoretrato4

Foto: autorretrato de Claudia Fernandes

Em outros artigos aqui publicados comentei que cada profissão tem suas particularidades como comportamento, postura, prós e contras. A fotografia, assim como muitas profissões criativas, alternativas e freelancers, exigem uma postura ainda mais ética em determinados sentidos. Um deles é a própria postura, visto que em algumas categorias da fotografia, o profissional acaba trabalhando diretamente na casa do cliente, convivendo com a rotina de uma família que ele acaba adotando como sua também.

É interessante perceber que dentro da fotografia existem várias possibilidades de comportamento diante de várias possibilidades de trabalho, por conta da variedade de categorias. Quando algo é regido por leis, é simples seguir regras existentes, o difícil é gerir as próprias regras, ser o próprio chefe, ter disciplina, ganhar respeito no mercado e ter uma carreira de sucesso tendo tudo isso e muito mais como base. Claro, para chegar nesse sucesso, é primordial que tenhamos um ótimo comportamento, para que também sejamos bem vistos no mercado como um todo.

Quantificar o seu trabalho é o primeiro passo. Se você não souber calcular muito bem a sua hora, ou o seu click, peça ajuda para os mais experiêntes, fale com os seus professores, mas nunca, nunca cobre um valor que esteja muito acima do que você vale, ou o pior: muito abaixo do que você vale. A primeira opção, o que vai acontecer é que você pode ficar conhecido como careiro, na segunda opção, além de você acabar com a possibilidade de outros profissionais fazerem o trabalho (por você) de forma mais justa, você se queima no mercado com seus colegas e com seus clientes, além de, dificilmente, ganhar um respeito como profissional.

“Amigos, amigos, negócios à parte” Essa frase se enquadra em qualquer negócio, inclusive para a fotografia. Se você acha que um amigo seu ou da família não vai poder pagar o seu serviço, faça de graça, acredite, é muito melhor do que cobrar um amigo. E se for cobrar, seja justo, cobre o que for certo, e o principal Faça contrato, que aliás, faça contrato com todos, sejam amigos ou não. A situação do amigo também inclui família. Comente sobre a importância que esse contrato pode vir a ter na hora de comprovar experiência, etc.

Além de todas essas dicas mais éticas, existem as dicas para os fotógrafos de categorias específicas. No meu caso, como nunca fui muito fã de fotografia social, onde mesmo procurando dar o meu melhor, não era a minha categoria favorita, acabou não aparecendo muitos jobs no estilo, e quando eu fazia (por sinal, faço até hoje) parecia que eu estava travada, aos poucos fui me policiando e me treinando, hoje já sou um pouco cara de pau. Em uma palestra, por exemplo, não se acanhe de estar na frente de um espectador por um segundo e fazer a foto perfeita, da mesma forma não se acanhe para pedir, no final da palestra, que os palestrantes posem para uma foto. E é nesse sentido que estimulo você a ser cara de pau, por favor, não abuse dessa categoria. Afinal, é respeitando que se é respeitado. Procure tratar (em todos os sentidos) o seu cliente como gostaria de ser tratado em todas as ocasiões.

claudia_fernandes-temnafotografia-autoretrato5

Foto: autorretrato de Claudia Fernandes

Fique atento ao local em que vai fotografar, as pessoas que vai conversar, ao estilo de fotos que vai fazer, ao valor que vai cobrar, e o estilo de vida que vai levar. Procure comunicar tudo isso de forma clara e transparente, lembre-se que comunicação é tudo, e vai desde a roupa que você usa até as palavras que diz, são elas que vão dizer para o mundo quem você é e como você trabalha, fazendo parte de uma base para o sucesso.

Anúncios

O você acha disso?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: