Compartilhando pesquisas e experiências sobre Fotografia

Depois de estudar, estudar, estudar e estudar mais um pouco (porque fotografia não é fácil, meus queridos), quando você já definiu seu público alvo e sabe aonde encontrá-lo é a hora de se apresentar, de se fazer notar. Na fotografia não existe currículo, esqueçam todas as dicas de “como montar um currículo perfeito”, pois o que importa aqui é o que você sabe fazer com uma câmera e é o seu portfolio quem vai dizer isto. Não o subestimem. Sejamos honestos, salvo os bem nascidos, fotógrafo iniciante não tem dinheiro, e temos consciência de que um bom portfolio impresso custa muito caro. Se você escolher esta opção, tenha em mente que irá despender um bom montante de dinheiro. E qual a vantagem? Um portfolio impresso é sempre um portfolio impresso, é tátil e justamente por isso, mais impactante. Já um portfolio online tem o atrativo de ser versátil e gratuito. O ideal é ter os dois.

É muito importante perder tempo montando um portfolio. Tenha em mente seu público alvo o tempo inteiro e escolha suas fotografias de acordo com isso, mas somente as melhores fotografias. Não hesite em deixar de fora aquela fotografia que, em sua opinião, ficou quase boa. O quase não cabe em um bom portfolio. Tenha uma seleção de fotografias pequena, se for o caso, mas impecável, e demonstre que você tem absoluta consciência do seu nível de aprendizado. Esta tarefa envolve subjetividade e por isso é importante perder tempo, entre aqueles milhares de trabalhos que você ainda não tem pra entregar, reserve um tempo pra se dedicar a isto, demore uma semana, duas, um mês, mas tenha a certeza de que você escolheu o seu melhor.

Ter contato com outros portfolios ajuda muito na hora de definir como será o seu, então pesquise o trabalho de outros profissionais e atente a como layout é desenvolvido, a apresentação das imagens e o acabamento, o tipo de impressão e as cores. É importante porém manter a simplicidade, e selecionar elementos relevantes, a fim de torna-lo claro e objetivo. Menos é mais, neste caso, principalmente em um portfolio online, deixe tudo bem organizado, seu cliente deve chegar às suas fotos com um ou dois cliques, no máximo.

No caso de um portfolio impresso, seja sucinto, de uma amostra pequena do seu trabalho, só as melhores fotos. Se quiser, faça uma divisão entre temas: editoriais, comerciais, autorais, etc, mas procure inserir não mais que 35 fotografias porque hoje, correndo como estamos, ninguém tem tempo de ver mais que isso, por melhor que seja o trabalho. É um número ideal que mostra o que se pode esperar do seu trabalho e isto já é o suficiente. Um portfolio online comporta um número maior de imagens, desde que estejam facilmente acessíveis, mas não exagere. Atente que na maioria dos portfolios online há um espaço “sobre” ou “about” que não é indispensável mas, é interessante contar um pouco sobre sua carreira e com quem já trabalhou e, se estiver começando e ainda não tiver experiências pra contar, é bom escrever sua visão sobre a fotografia e falar sobre seus objetivos. E aqui também seja sucinto.

Depois do seu trabalho, a parte mais importante de um portfolio é o contato, lembre-se de deixar esta parte visível e destacada, por motivos óbvios é importante que seu cliente possa entrar em contato com você de maneira fácil e rápida caso ele queira.

Não usem sites do tipo flickr como portfolio. Hoje existem sites gratuitos e distintos para apresentar um trabalho como o wix, carbonmade, basekit ou Krop, onde é possível criar um site mesmo sem ter muitos conhecimentos sobre design e conectar seu próprio domínio. Um domínio é recomendável pois torna seu site mais profissional, todavia requer certo investimento que, se você esta em início de carreira, por vezes é dispensável.

O que vai definir a melhor maneira de se apresentar e a melhor ferramenta para tal é seu público alvo, nunca se esqueça dele. O que foi dito são conselhos e não verdades absolutas, portanto sintam-se livres para desconsiderar tudo o que foi escrito neste post, e adaptem estas sugestões às suas realidades e tornem seus portfolios os mais autênticos possíveis.

Anúncios

Comentários a: "Montando um Portfolio" (4)

  1. gostaria de saber como monto um portfolio para marcenaria se não tenho nenhum projeto para executar como devo me apresentar aos clientes para começar por favor me ajude obrigado aguardo resposta

    • Olá Claudete, obrigada por acessar nosso TNF! Fico feliz com a sua pergunta. Mas eu confesso que não entendi o que seria o teu job. Me manda mais informações por email que eu vejo como te ajudar. Obrigada. helosaraujo@gmail.com

  2. Postagem maravilhosa..
    Ajuda muito!

O você acha disso?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: