Compartilhando pesquisas e experiências sobre Fotografia

Como toda quarta, hoje é dia de mais um fotógrafo da vez. E dessa vez eu trago a história de um grande fotógrafo da Magnum Photos desde 1958 (bastante tempo) e ficou bastante conhecido pelas imagens que fez em New York. Quando escrevo assim, até parece que tudo aconteceu naturalmente e que foi muito fácil a trajetória de Bruce, mas as coisas não foram bem assim.

Bruce-Davdson-by-temnafotografia

Bruce Davidson é um fotógrafo americano nascido em 05 de setembro de 1933. Bruce teve suas dificuldades até chegar onde chegou, apesar de que tudo começou ainda muito cedo. Aos 10 anos de idade, ele construiu sua primeira câmera escura com sua mãe, que era solteira e fazia todos os seus “querê”, assim como sua independência, Bruce teve a chance desde cedo de sair andando pelas ruas de New York sozinho, e quando construiu sua câmera, passou a caminhar mais para fotografar tudo o que via.

Até que um dia, o, até então principiante, se aproximou de um fotógrafo local da época que lhe ensinou técnicas, iluminação, revelação, e o treinou, dando-o habilidades. E conforme Bruce ia crescendo, suas caminhadas tornavam-se mais longas, transformando-se em viagens. Ainda em sua adolescência, ia de trem de uma cidade a outra e voltava. Essa aventura teve o seu resultado cedo, aos 16 anos, Davidson ganhou seu primeiro prêmio de fotografia, o famoso prêmio Kodak National High, o que lhe estimulou a escolher mais tarde a faculdade que iria seguir (Universidade de Yale).

Com seus caminhos escolhidos, a vida tratou de fazer o resto. Um de seus professores era o famoso artísta Josef Albers que lhe incentivou a participar de outros concursos, cursos, projetos e em 1955 um ensaio seu foi publicado. E a sua vontade foi só crescendo cada vez mais. É engraçado como funciona o amor pela fotografia, né? Parece que todos os fotógrafos são assim, o tempo vai passando e o apego vai aumentando.

Bruce Davidson chegou a ser convocado para o Exército dos EUA, onde aproveitou pra levar seus equipamentos, mesmo tendo que fazer seu papel militar, aproveitava para fazer suas fotografias. Uma aventura que resultou em uma autorização para que ele continuasse aprimorando seus conhecimentos e técnicas. Bruce conheceu o nosso querido Henri Cartier-Bresson, onde mais tarde, se junta ao grupo e entra para o Magnum Photos.

O já famoso fotógrafo tinha uma fixação (ainda tem) por New York, e junto com o seu equipamento fotográfico ele soube explorar bastante. Algumas de suas exposições foram sobre o tema. East Harlem e Central Park foram os locais mais explorados.

Bruce-Davdson-by-temnafotografia

Bruce-Davdson-by-temnafotografia

Bruce-Davdson-by-temnafotografia

Bruce-Davdson-by-temnafotografia

Bruce-Davdson-by-temnafotografia

Um lindo trabalho, uma linda história, espero ter inspirado na trajetória de vocês! 😉

Anúncios

O você acha disso?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: